segunda-feira, janeiro 09, 2006

Quem Ama Acredita de Nicholas Sparks

Image hosted by Photobucket.com

Naquele dia gélido de Dezembro, Jeremy Marsh ia apenas desvendar mais um caso paranormal fraudulento, numa pequena vila perdida na Carolina do Norte. Luzes misteriosas tinham sido avistadas num cemitério antigo que, segundo crença local, se encontrava assombrado. Habituado como estava a denunciar ocorrências semelhantes, Jeremy ia antecipando, enquanto conduzia velozmente pelas vastas planícies do Sul, as possíveis causas lógicas para o fenómeno, aparentemente inexplicável, das luzes. Mas Boone Creek reservava-lhe um desafio muito maior do que qualquer manifestação do além. O jovem jornalista de Manhattan ia ao encontro do seu destino. Mas disso ele não podia sequer suspeitar. Localizado num pequeno vale, rodeado de carvalhos, o cemitério de Cedar Creek era talvez o local mais improvável para encontrar uma beleza sulista, mas foi justamente aí que Jeremy viu surgir por entre o silêncio e a neblina, por entre a folhagem da grande magnólia e os túmulos que começavam a desmoronar-se, a figura esplêndida de uma mulher com os olhos mais extraordinários que alguma vez vira. Passou como uma miragem, tão irreal e enigmática quanto o próprio cenário. Mas o exotismo daquele olhar violeta voltaria a cruzar o caminho de Jeremy, para dissipar, definitivamente, todo o cepticismo do seu coração. (Nº páginas: 288)

Gostei deste livro, não achei lamechas como muitas pessoas acham o Nicholas Sparks. Aliás, ele tem o estilo dele... Por isso só leio os livros dele em certas alturas que me esteja a apetecer uns pózinhos de love! :p

Nota-se que fez alguma pesquisa sobre certos assuntos, o que achei interessante. E pronto, mais uma história de amor...

3 comentários:

Kalinka disse...

Adoro tudo que seja escrito por Nicholas Sparks, tem o seu estilo, que é também o meu estilo - baseia-se muito no Amor, que é a fonte da Vida.
Continuo uma romântica incorrigível
talvez porque já passou a hora de me apaixonar na realidade, e, só me resta viver de sonhos...
Boa escolha a tua.
Beijokas

pikenatonta disse...

RE Kalinka: Sim, é verdade, ele tem aquele seu estilo romântico... Também gosto muito dele.
Agora uma coisa, não há hora para a paixão... Pode acontecer a qualquer momento, em qualquer sítio e em qualquer idade...
Beijinhos!

Anónimo disse...

Olá , li este livro , mas nao percebi muito bem se ele chega a descobrir o misterio das luzes do cemiterio . alguém me pode explicar ? obrigado (: