terça-feira, março 25, 2008

Nova sondagem

A pergunta vai ser: “Depois de perder a vida, gostava de doar os seus órgãos?” Ou seja, ainda há muita gente que se recusa a doar órgãos depois de morto, acha a ideia ridícula, ou então a família intervém e diz que não quer que tal coisa seja feita. Na lei diz que não é possível, caso não tenhamos um cartão de “NÃO DADOR”. É importante perceber que se NÃO quiserem doar os vossos órgãos, têm que tratar desse cartão.

E pronto, desta vez apenas vou pôr como respostas possíveis Sim ou Não. Reflictam no assunto e votem. Se quiserem acrescentar algum comentário no post também estão à vontade, ou mandar e-mail.

Muito obrigada a todos!!!

PS - O Sr. Ricardo que já esperava há mais de 1 ano por um coração novo finalmente já foi transplantado!! Que corra tudo bem!!! :)

9 comentários:

Silvia Madureira disse...

Que bom para o Ricardo.

Teu dia também vai chegar...basta ir esperando e escrevendo aqui umas palavrinhas que nós gostamos.

É claro que depois de teres coração novo, espero que não fiques vaidosa e continues a dar-nos o prazer de te ler.

Na verdade, quando morrer, não me importo que me tirem o coração...e que possam fazer bom proveito...que as faça felizes.

No entanto...nunca pensei muito na morte e lá está...se calhar existem muitas pessoas assim.

Como tenho 28 anos, penso que ainda falta muito...e ainda bem que penso assim....mas por outro lado seria bom pensar no cartão...

Isto é uma dualidade...

Parece que se penso no cartão estou a sentenciar que vou morrer breve.

Nós somos mesmo complexos...

Como eu devem existir milhares...

Como posso fazer para ter o cartão? Onde pedir?

beijo

Linda disse...

Respeito a opinião de cada um, mas eu já decidi a esse respeito, não sei como iria reagir se fosse em relação a um filho meu ou alguém muito próximo, mas em relação a mim,podem e devem retirar o que for necessário, pois nessa altura já não necessitarei de nenhum deles (orgãos). Seria um completo desperdício!!

Muitos beijinhos para ti minha querida e força que o teu dia está quase a chegar vais ver!!!

As melhoras para o Ricardo também!!

Pandora disse...

Por mim levem o que precisarem. Depois de passar para o outro mundo já não preciso de nada do meu corpo, por isso estejam ávontade e tirem tudo.
Na verdade tenho pensado , inclusivé, em doar o meu corpo á medicina para que o possam utilizar para estudar. Pode parecer um bocadinho mórbido mas os estudantes têm necessidade de estudar em algum lugar e não se encontra cadáveres por aí, não é?
Mas ísto é um caso a pensar até porque a familia certamente não vai achar muita graça a isso.
Enquanto penso e não penso no asssunto o tempo passa e depois logo se vê.
Beijos para ti.

sophia disse...

passei para deixar um beijo grande.

sophia disse...

acerca da sondagem, votei "sim" mas fiquei em dúvida porque não se trata de gostar de doar, é me um bocadinho indiferente - mas não me importo, de todo, e tenho noção do quanto é importante.

não desanimes!!

mais outra beijoka

Framboesa disse...

Qd eu partir para outro mundo...levem o q quiserem!Não me parece q me faça falta lá no outro lado e faz muito mais falta aqui :-))))
A resposta é um redondo SIM!
:-)

beijos

redonda disse...

Já respondi: sim. No último ano da faculdade fiz um trabalho sobre a doacção e transplante de órgãos, do ponto de vista jurídico. Nessa altura reflecti um pouco sobre o tema. O que me preocupava, pensando sobretudo em familiares, era a confirmação da morte do doador. Pelo que me lembro a redacção da lei tranquilizou-me por serem equipes diferentes que confirmam a morte cerebral e procedem à recolha.

Kalinka disse...

Já estou como a Framboesa:
Qd eu partir para o outro mundo...levem o q quiserem!
Não me parece q me faça falta lá no outro lado e faz muito mais falta aqui :-))))
A resposta é um redondo SIM!
E...
fica sabendo que fui a Nº 1 a responder à tua nova sondagem.

Hoje...pensei...se a moda das pessoas serem cremadas pega...vai ser mais difícil ter orgãos para transplante!!!

Ana disse...

Eu estou com a Framboesa e com a kalinka, quando partir para o outro lado, não vou precisar de nenhum orgão e aqui neste mundo pode fazer falta a alguém!

Eu voto SIM!!!

Que tudo corra bem para o Ricardo.
Em breve serás tu! Que esse dia chegue rápido!

Um beijinho
Ana e Filipa