quarta-feira, março 22, 2006

Sputnik, Meu Amor de Haruki Murakami


«O narrador, um jovem professor primário, está apaixonado por Sumire, uma rebelde que conheceu na universidade. Um dia, num casamento, Sumire conhece Miu, uma mulher fascinante e misteriosa, de meia-idade, por quem se apaixona loucamente, acabando por se transformar na sua secretária. Partem para a Europa, numa busca que as empurra para uma estranha e mútua descoberta, e também para um desenlace assombrado. Ensaio sobre o desejo humano e a especulação sobre o destino, o livro de Haruki Murakami é um exuberante exemplo da arte de um dos mais importantes escritores do Japão contemporâneo.»

Ora bem... que dizer deste livro que li de um dia para o outro? Foi um livro que me conseguiu agarrar, prender, cativar... Penso que foi devido à escrita deste autor que não conhecia. Adorei a escrita dele! Gostei imenso dos personagens, gostei da história, enfim, adorei o livro!
Ficam aqui umas passagens do livro que pessoalmente gostei muito:

«Se desta vida imperfeita eliminássemos tudo o que é inútil, a imperfeição deixaria ela própria de fazer sentido»

«Porque será que estamos condenados a ser assim tão solitários? Qual a razão de tudo isto? Há tanta, tanta gente neste mundo, todos à espera de qualquer coisa uns dos outros, e, contudo, todos irremediavelmente afastados. Porquê? Continuará a Terra a girar unicamente para alimentar a solidão dos homens?»

8 comentários:

Loca disse...

Há que séculos te ouvi falar deste livro que leste, gostei de o ver aqui, finalmente sei do que se trata, uma vez que não o li.
Também gosto muito das frases que transcreveste.
Bêjos

pikenatonta disse...

RE Loca: É verdade, como atrasei o blog, atrasei aqui os livros, os postais, etc... Este já o li em Fevereiro. Mas nunca é tarde de mais para falar neste livro muito simples que adorei.
Beijocas!!

Merlin disse...

Ando a ler o "Kafka à beira mar", aos pouquinhos. Quando terminar, se quiseres, faz-se um bookring e podes ser a primeira da lista :)

pikenatonta disse...

RE Merlin: Uau!! Tás a gostar do livro? Tou muito curiosa para lê-lo sim, e essa sería uma excelente ideia!!! :))) Se ninguém me persuadir antes com ele! :p
Beijocas!!!

Anónimo disse...

Olá, Tânia!
Eu sou a Carina, tu não me conheces. Vim ter ao teu blog por acaso. Estava a ler o que tinhas escrito sobre o livro "Sputnik meu amor" e decidi deixar um comentário. Esse livro sai hoje, quinta-feira, dia 9 de Outubro, com a revista Sábado por apenas mais 1 euro.
Se um dia quiseres comunicar deixo aqui o meu e-mail, carinavieira@iol.pt.
Beijinhos

pikenatonta disse...

Olá Carina! :)
Obrigada pela visita! Tive que comprar o livro, ora pois... para reler um dia...
Beijinhos e vou-te enviar e-mail assim que puder... :)

Fábrica do Nada disse...

É sem dúvida um excelente livro! Li-o à relativamente pouco tempo e faz-nos pensar na solidão das cidades monstruosas como Tóquio. Três vidas tão sozinhas...

Anónimo disse...

[url=http://www.blingforfun.com]hip hop jewelry[/url],[url=http://www.blingforfun.com/pendants/cat_9.html]hip hop pendants[/url],hip hop watches,[url=http://blingforfun.com/belts/cat_18.html]bling bling[/url] ,hip hop,[url=http://blingforfun.com/chains/cat_7.html]hip hop chains[/url],hip hop bling,[url=http://blingforfun.com/chains/cat_7.html]iced out chains[/url],[url=http://www.blingforfun.com/chains/cat_7.html]wholesale chains[/url]
hip hop jewelry
wholesale hip hop watches
hip hop rings