segunda-feira, maio 12, 2008

Pensamento

«A vida é uma aventura incerta numa paisagem difusa, de limites em permanente movimento, onde as fronteiras são artificiais, onde tudo pode terminar e começar de novo a cada instante ou acabar de repente, como uma machadada inesperada, para todo o sempre. A única realidade absoluta, compacta, indiscutível e definitiva é a morte. Somos apenas um pequeno relâmpago entre duas noites eternas e temos muito pouco tempo...»

Do livro "A Tábua de Flandres" de Arturo Pérez-Reverte

4 comentários:

Tiago R Cardoso disse...

olha, gostei, boa escolha e muito significativa.

Kalinka disse...

Pensamento longo.
Tive que ler com calma uma e outra vez.
Mas, digo-te que nunca tinha lido nada tão objectivo e certo.
Parabéns pela escolha.

Registo:
«A vida é uma aventura incerta onde tudo pode acabar de repente, como uma machadada inesperada, para todo o sempre.
A única realidade absoluta, compacta, indiscutível e definitiva é a morte.
Somos apenas um pequeno relâmpago entre duas noites eternas e temos muito pouco tempo...»

É isso tal e qual.
Uma coisa é certa, na morte ninguém se fica a rir de ninguém.

Boa noite com um sono tranquilo.
Beijinhos.

Cenoura disse...

Gostei muito desse livro. é dos meus preferidos de Reverte. esse e "A Pele do Tambor".
:)

pikenatonta disse...

cenoura: Este pensamento só aqui está devido ao teu empréstimo, obrigada!! Gostei muito do livro!! E como sabes já está com a Loca...

***