sexta-feira, novembro 28, 2008

28.11.2008 - notícias

O alerta verde já foi dado novamente, se aparecer coração para mim, cá o receberei com todo o amor e carinho, e agradecendo bem cá no fundo à pessoa que infelizmente terá que partir deste mundo para me ajudar no meu caminho...

Vai uma pequena explicação? Meus amigos, não há previsões para estas coisas. Pode aparecer um coração hoje, como daqui a 1 semana, como daqui a 1 mês, como daqui a 6 meses... Tem de ser plenamente compatível e para isso depende de várias coisas: grupo sanguíneo, peso, idade, etc... E ninguém adivinha quando é que essa pessoa... enfim... irá falecer infelizmente... Estou aqui a explicar estes pormenores pois sei que há por aí muitas dúvidas (e eu não condeno). Só quem passa por estas coisas de transplantes é que vai aprendendo umas coisitas aqui e ali...

Outra coisa: oiço muito a frase "vais ver que vai aparecer coração...". Sim, em princípio sim, aparecerá coração. Mas também há quem morra à espera de orgãos {tânia batendo na madeira}. Mais importante ainda: a operação pode correr bem ou mal, o corpo pode rejeitar o coração, nos primeiros tempos todos os cuidados têm que ser extremos pois ficamos umas flores de estufa. Os primeiros anos são complicados: temos que usar máscara, temos que tomar uns 40 e tal comprimidos por dia pelo menos de início, temos que ter muitos cuidados com a alimentação, podemos ficar diabéticos, podemos perder o andar, podemos inchar muito por causa da cortisona, muitas idas ao hospital para consultas e biópsias, etc...

Isto tudo para dizer que "não basta aparecer um coração", muitos problema vêm a seguir. Só gostaria de explicar melhor estas coisas, pois penso que há pouca informação acerca do assunto. Tal como alguém já escreveu aqui num comentário no blog, quem sabe escreverei um livro? Gostava muito... :)

Hoje passei mal novamente... tenho tido alguns sustos... vá de catéter novamente e coisas para a veia... oxigénio... descanso...

Não posso deixar de agradecer a vossa enorme força, através do blog, através de e-mails, através de sms´s, através de telefonemas... É-me completamente impossível conseguir agradecer individualmente a todos. Mas o vosso apoio tem sido 5 estrelas... OBRIGADA!!
Desculpem este texto enorme, mas ultimamente só me apetece escrever, pena ter que estar sempre a pedir o pc da vizinha, já me sinto mal... Claro que para mim isto é um desabafo poder deitar tudo cá para fora, por isso se ainda estão a ler este post, parabéns!! hehehe

Estou triste pois como no ano passado estive mal e não pude mandar prendinhas e postalinhos para o pessoal, pensei que este ano iria conseguir. E olhem onde vim parar... :( Também estou triste pois tinha encomendado peças em sites para fazer coisinhas para vender no Natal e... pimba, toma lá... Estou triste pois pensei que ao menos iria ler mais e ver mais filmes, mas simplesmente não me apetece... Deito-me, fecho os olhos e deixo-me ir...

Bem, a ansiedade e os nervos aumentam, o futuro é incerto, mas quanto mais depressa aparecer coração, melhor. Não duvido que vá chorar baba e ranho na altura que me derem a notícia (sou muito chorona... :p). Mas anseio por esse dia... Quero voltar a viver!!!!

Muitos beijos e abraços para todos!!!!
Ah, quanto a visitas... não sei que diga pois apesar de querer ver pessoas, sinto-me desanimada e sem força para tal. Não levem a mal não levarem um sorriso meu... É mesmo o traquinas do meu coração que me impede...


OBRIGADA Sandra pela tua visita!!!

18 comentários:

Mel disse...

Não penses só nas coisa más, pensa, essencialmente, nas coisas boas.
Sorrir é sempre bom.

Beijos bem grandes!

Canochinha disse...

Minha linda, tudo de bom!
Estou aqui a torcer por ti :)

Beijinhos grandes***

Anónimo disse...

Como se diz por aí, o Natal é quando um homem quiser. Assim que te sentires melhor, tratas das prendinhas que ainda vão de certeza chegar a tempo. Beijinhos,
fungaga

elvira carvalho disse...

Pessoalmente eu sei que não é fácil o pós transplante. Mas vou contar-lhe uma coisa. A minha tia Ana tinha 50 anos quando recebeu um transplante de coração. Em 1980. Em termos médicos nessa altura estavamos bem mais atrasados. E ela viveu 20 anos. Morreu com 70 anos, de um AVC. Meu tio Hugo levou anos a fazer hemodiálise até ao transplante dum rim. Foi há 12 anos e ele está óptimo. Por fim meu cunhado fez transplante de figado faz 3 anos em Janeiro. De todos, foi o que esteve mais mal, esteve 8 meses no hospital. Estive com ele em Agosto e pareceu-me óptimo. Todos os dias a medicina dá um passo em frente. Dentro em pouco, com os transplantes, implantam células do dador, o que vai impedir a rejeição e evitar os tais comprimidos. Já estão a trabalhar nisso.
Precisa ter fé. Acreditar.
Um abraço.

Mavi disse...

nteressava-me ter o puder de curar...
De curar só por pensar, de curar só por saber que não estas bem...
Porque não gosto de pensar que te encontras assim, sinto-me egoísta em reclamar de mim quando estas aí numa espera de sofrimento, de cansaço...
Acredito em ti, acredito que os bons vencem, não estou em Lisboa para estar contigo, para te levar um bolo bom, um chocolate, para ver o teu sorriso mesmo que por favor. Não tenho dois corações se não um era teu.
Gosto muito de ti AMIGA.
Tânia is the best minha Snowshoee...
Há em principio em dezembro vou a lisboa e com ou sem coração novo vou-te visitar... beijo do meu coraçao para a tua alma :) porque essa e tua para sempre :P

C. disse...

Vai correr tudo bem meu amor, estarei sempre do teu lado para te apoiar. Adoro-te coisa boa..
Beijos**

Kalinka disse...

TÂNIA

Acredita numa coisa:
"Se depender de todos nós, que fazemos uma corrente de energia e força para que em boa hora recebas um coração, o sucesso do transplante está garantido"...

Somos muitos a pensar e a pedir por TI, acredita.
Estou sempre ao teu dispôr, quando precisares é só dar um sinal.
Beijinhos.

Pedro disse...

Eu é que devia ter vergonha de não ter passado por aqui para comentar --'

Bem, peço desculpa por não ter vindo mais cedo! =( É mesmo falta de tempo! =/

Mas o que importa mesmo é desejar-te as melhoras! Eu apoio-te com toda a força! Pensa positivo, lá dizem que são os pensamentos positivos que atraem a felicidade. Portanto, o que é que temos a perder? Força e pensa feliz, vais ver que tudo corre pelo melhor! Espero ansiosamente pelo dia em que anuncies neste blogue a boa notícia ;)

Já agora, eu leria esse livro =)

Mais uma vez, as melhoras! Beijos e abraços

ana disse...

Minha querida Tânia, que posso dizer-te? Que adorava ter uma varinha mágica para te arrancar a essa espera e a quaisquer complicações pós-transplante? A única coisa que sei é que tens sido para mim um exemplo, uma lição, um modelo e que desejo, do fundo do coração, ver-te boa e feliz como mereces. É paradoxal alguém com um coração tão bonito ter um coração tão fraco. Um grande abraço da marcenda.

Pitanga Doce disse...

Olá Tânia, atrazei-me, hoje, para a virtual visita. Só para "variar" um pouquinho, apanhei chuva de Primavera.
Li que tens uma grande necessidade de escrever, e isso é muito bom. Já que não podes estar à pedir sempre o pc à vizinha, que tal pedires a alguém que te compre cadernos bonitos, com capas vistosas e vais enchendo-os com sentimentos de ansiedade, alegria, medos e sonhos? Podes até fazer como quando andavas no Ciclo e usavas aqueles marcadores coloridos (sei que toda a menina usa). Pensa que a qualquer momento que queiras podes abri-los e ver o que tens lá dentro.

beijos doces de Pitanga

Tanea disse...

Força minha querida , vai daqui um beijo cheio de força e carinho para ti, para que melhores depressa e saias dai o mais rapido possivel e curada :)

Mãe e filho disse...

Prima, por um lado fico triste por te ver tão desanimada neste momento que acredito, está muito dificil para ti, mas no fundo vejo uma luz de esperança nas tuas palavras. Espero que esse coração apareça sim, e que tudo o que irás sofrer depois não dure muito tempo. Acredito que irás conseguir vencer essa guerra. Beijos e gostei muito da foto.

Bubulindo disse...

Força!!!

Dava-te metade do meu se pudesse. Acredita que és um exemplo para todos. Apesar de tudo, não desististe! ;)

Se precisares de algo, avisa! :)

Beijocas

vero disse...

Olá Tânia,
é a primeira vez que venho ao teu blog e fiquei rendida pela tua simpatia, doçura e pela tua força. Quantos não são os fracos que desistem ao mais ínfimo problema, dou-te os parabéns!!! É sum exemplo de força e de vida, um exemplo para mim também!!! Convido-te a conheceres o meu caminho, gostava de poder continuar a ter contacto contigo e sabes, cá dentro do meu coração eu sinto que vai tudo correr bem, consigo sentir o tem medo, o teu desespero, a tua preocupação, mas também conigo sentir a força nas tuas palavras!!! :)
Quanto ao livro que tal pensares mesmo nisso, eu tenho um livro editado de Poesia e em breve se tudo correr bem irei editar o meu primeiro romance e quem sabe, até pode ser que te possa dar uma ajudinha ;)


Beijinhos e força e sempre mas SEMPRE pensamento positivo!!!

Beijinhos enormes :)

Anónimo disse...

Força aí miuda!

fbeatriz

rosa dourada/ondina azul disse...

Olá Tania,

Desejo-te o melhor!!!
Hoje em dia, a Medicina faz milagres,
Temos de acreditar, que será possível !

Muita força e coragem te desejo
e deixo um beijo com carinho,

Teófilo M. disse...

Estou aqui sentado a olhar a tua fotografia e o teclado e não sei o que te dizer...

Gostaria de poder resolver o teu problema, mas nem isso posso, pois o meu coração já só funciona parcialmente e não dá para transplantes muito embora eu deseje que depois da minha morte tudo que se possa aproveitar se destine a quem precisa, pois a morte ocupar-se-á do meu espírito mas não do meu corpo...

És tão jovem, e tens tanto direito a viver, que acredito que algo se há-de arranjar a tempo de poderes fazeres as compras que tão almejadamente querias fazer este Natal.

Não te ponhas é com pensamentos de que a seguir ao transplante terás outras etapas a vencer, pensa em viver um dia de cada vez, se possível, uma hora ou menos ainda, pois muito podemos fazer, ver, ler, ouvir, sentir, sonhar em pequenos bocadinhos de tempo se os soubermos utilizar convenientemente.

Vive! É só o que tens de fazer, deixa as preocupações para quem tem obrigação de as ter, e não tenhas vergonha de pedir o computador, pois quem to empresta certamente fica feliz por poder fazê-lo.

Até já.

Loca disse...

Bêjos, amiga.
Força.